Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos recebe inscrições Inscrições vão até 31 de julho. O coletivo Periferia em Movimento integra a comissão julgadora que selecionar os premiados

Em sua 39ª edição, até o dia 31 de julho o Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos recebe inscrições de trabalhos feitos por jornalistas, artistas do traço e repórteres fotográficos de todo o Brasil. Considerado entre as mais significativas distinções jornalísticas do país, o Prêmio Vladimir Herzog tem abrangência nacional e reconhece, ano a ano, trabalhos que valorizam a Democracia, a Cidadania e os Direitos Humanos.

Com grande satisfação, o coletivo de comunicação Periferia em Movimento foi convidado a integrar a comissão que vai julgar as produções e escolher os premiados.

Vladimir Herzog foi um jornalista, desejava ser um cineasta, mas, vitimado pela ditadura, tornou-se uma personagem icônica da História do Brasil e da construção da democracia. Sua vida e sua trajetória profissional foram marcadas por permanente preocupação humanística.

Categorias do Prêmio

Nesta edição, serão aceitas produções jornalísticas inscritas em SEIS categorias:

1) Arte – ilustrações, charges, cartuns, caricaturas e quadrinhos publicados em veículos impressos ou eletrônicos

2) Fotografia – Foto ou série fotográfica publicada em veículos impressos ou eletrônicos

3) Produção jornalística em texto – Reportagens em texto publicadas em veículos impressos ou eletrônicos

4) Produção jornalística em áudio – Reportagens ou documentários em áudio

5) Produção jornalística em vídeo – Reportagens ou documentários em vídeo

6) Produção jornalística em multimídia – Reportagens multimídia publicadas na internet

Como participar?

Para concorrer, os candidatos devem inscrever-se através do site www.premiovladimirherzog.org.br preenchendo a ficha cadastral e anexando sua obra publicada ou veiculada no período compreendido entre 1º de agosto de 2016 e 31 de julho de 2017, inclusive.

Assim como nas cinco últimas edições, a escolha dos vencedores será em duas etapas, sendo que a fase final em sessão pública, com transmissão ao vivo pela internet, dia 9 de outubro, na Sala Oscar Pedroso Horta da Câmara Municipal de São Paulo. A cerimônia de premiação acontecerá no dia 31 de outubro, terça-feira, às 20h, no TUCARENA, em São Paulo, precedida da Roda de Conversa com os vencedores da edição, na tarde do mesmo dia 31.

Sobre o prêmio

O 39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos é promovido e organizado por uma comissão constituída pelas seguintes instituições: Federação Nacional dos Jornalistas – FENAJ; Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo; Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Paulo; Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo – ABRAJI; Centro de Informação das Nações Unidas no Brasil – UNIC Rio; Coletivo Periferia em Movimento; Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo – ECA/USP; Instituto Vladimir Herzog; Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB Nacional, Ordem dos Advogados do Brasil – Secção São Paulo; Conectas Direitos Humanos; Ouvidoria da Polícia do Estado de São Paulo e Sociedade Brasileira dos Estudos Interdisciplinares da Comunicação – Intercom.

Anotaí!
O quê?

39º Prêmio Jornalístico Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos

Regulamento e Inscrições: http://www.premiovladimirherzog.org.br
Quando? Inscrições até 31 de julho. Premiação no dia 31 de outubro, às 21h
Onde? Entrega da premiação - Tucarena (PUC-SP)
Rua Monte Alegre, 1024 - Perdizes - Zona Oeste São Paulo
Adicionar à agenda do Google