Como gerar a sensação de justiça sem cair no punitivismo que hoje mantém mais de 700 mil pessoas encarceradas no Brasil? Há outras formas de responsabilizar agressores em situações de violência?

Em meio à pandemia de coronavírus, que gerou distanciamento social e mais tempo de convívio em casa, os conflitos também aumentaram – e os traumas disso nem sempre são resolvidos. Na contramão disso, um outro conceito aponta para práticas que prezam pela responsabilização dos envolvidos e na reparação de dados.

“A justiça restaurativa não foca só no passado, mas no presente e também no futuro. Fazemos uma avaliação do contexto”, explica Joana Blaney. Ela é a convidada do 5º episódio do Quebra das Ideias, o podcast da Periferia em Movimento. Você pode ouvir no anchor, no spotify, nas principais plataformas de áudio ou clicando abaixo.

Joana é co-fundadora da linha de Justiça Restaurativa do Centro de Direitos Humanos e Educação Popular – CDHEP Campo Limpo, Mestre em Educação pela Universidade de Maryland (EUA) e trabalhou com o tema em diversas partes do mundo.

“Reparação de danos não é mandar todo mundo pro presídio, mas que vítima e opressor sentem para que haja essa reparação (…) A responsabilidade é coletiva”, conta.

Resgate

O programa é um resgate da entrevista realizada em junho de 2020 no programa “Quebra das Ideias”, transmitido ao vivo no facebook da Periferia em Movimento. Confira aqui na íntegra.

Agora, a produtora independente de jornalismo de quebrada resgata algumas dessas conversas para distribuir em um formato que pode alcançar novos públicos. O envio é feito, inclusive, pelo whatsapp (clique aqui para receber também via celular).

Além de Aline Rodrigues, o podcast conta com redação de Thiago Borges, roteiro e a edição de áudio de Paulo Cruz e adaptação para vídeo de Pedro Ariel Salvador. A equipe também é composta por Camila Lima, Karina Rodrigues e Laís Diogo.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: