Por Pedro Ariel Salvador

Já se passou 1 ano desde que o mundo virou de cabeça pra baixo. A pandemia do coronavírus está deixando muitas feridas em nossas vidas. Além do crescente número de mortes por dia, ainda temos que lidar com desemprego, fome… 


Mas a quebrada nunca para e, desde o começo, muitos coletivos, movimentos e pessoas têm se organizado para ajudar quem foi extremamente prejudicado de diversas maneiras. 

No Grajaú (Extremo Sul primeiro episódio), Elaine Cristina da Silva, de 31 anos, comanda a cozinha do Aloha Marmitex – Comida Caseira. E foi no pequeno negócio que articulou a campanha Alimenta Grajaú, que já distribuiu mais de 13 mil refeições desde abril do ano passado.

A história de Elaine é a primeira da nova série do Quebra das Ideias, o podcast da Periferia em Movimento.

Ouça no anchor, no spotify ou clique abaixo:

Elaine também aponta que houve um período de queda nas doações das marmitas por falta de recurso, mas que teve apoio de outras pessoas para dar continuidade para o projeto .

“A gente teve o privilégio de contar com vários amigos artistas que doaram fotografias, obras de artes, ilustrações para que a gente pudesse reverter a verba arrecadada para a distribuição de marmitas”, explica. 

Este conteúdo faz parte do Quebrada Comunica, projeto de fortalecimento do campo da comunicação periférica da cidade de São Paulo idealizado pela Rede Jornalistas das Periferias em parceria com o Instituto de Referência Negra Peregum, Uneafro Brasil e o Fórum de Comunicação e Territórios.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: