(Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Pedagogia da Periferia: ocupações, PEC 241 e as ameaças à educação Encontro no Jardim Ângela sobre a educação que temos e a que queremos também aborda a lei 10639, os riscos da reformulação do Ensino Médio e do projeto Escola Sem Partido, além da luta por um ensino de qualidade

Em meio às diversas ameaças à educação pública, neste sábado (12 de novembro) o Fórum de Educação Regional M’Boi Mirim e Campo Limpo promove o I Seminário “Pedagogia da Periferia: a educação que temos e a educação que queremos!”, em parceria com a Sociedade Santos Mártires.

Ao longo da manhã de sábado, os participantes vão abordar as lutas das periferias; o cenário atual com a discussão sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos, que congela por 20 anos os gastos com previdência, saúde e educação (conhecida como PEC 241 na Câmara dos Deputados e, agora, como PEC 55 no Senado); os riscos do projeto de lei Escola Sem Partido e da reformulação via medida provisória do Ensino Médio; e as ocupações de escolas como meio de resistência dos secundaristas.

Confira a programação

08h – Credenciamento

Abertura: Padre Jaime (Sociedade Santos Mártires) e o panorama das lutas na periferia; Shirlei do Carmo (EMEI Chácara Sonho Azul), objetivos e histórico de luta do Fórum Regional de Educação; Ação Cultural: apresentação do Coral da Escola Estadual Orlando Mendes

09h – Mesa 1 – A educação que temos, com mediação de Shirlei do Carmo

  • Professor Severino (Escola Estadual Reverendo Jacques) – Educação e periferia.
  • Eloísa Vieira (Ex-aluna da Escola Estadual José Lins do Rego, participante da ocupação dos secundaristas) – Educação e Periferia, panorama do aluno.
  • Deputado Estadual Carlos Giannazi – Luta contra a PEC 241.
  • Professora Jaiane Ribeiro (Escola Estadual José Lins do Rego) – Riscos do Projeto Escola sem Partido.
  • Professor Alessandro Rubens (EMEF Zacarias) – Reformulação do Ensino Médio.

11h – Mesa 2 – A educação que queremos, com mediação de Roberth Tavanti (Fórum em Defesa da Vida)
– Comitê de pais e mães em luta – A expectativa da família perante a educação pública.
– André Castro (Aluno da Escola Estadual José Lins do Rego) – O que um estudante secundarista espera da educação pública.
– Professor Paulo Fernandes (FESUP) – Paradigmas entre uma educação opressora e uma educação emancipadora.
– Márcio Batista (Coperifa) – Desafios da Cultura frente ao sucateamento da Educação.
– Rafael (Cursinho pré-vestibular Santos Mártires) – Desafios dos cursinhos pré-vestibulares da periferia frente ao sucateamento e o ingresso no ensino superior de jovens pobres, negros e periféricos.
– Professor Jonathan Alves (Café Filosófico – Jardim Ângela, Escola Estadual José Lins do Rego) – Importância dos coletivos educacionais e culturais para periferia.

13h – Encerramento

Anotaí!
O quê?

Seminário Pedagogia da Periferia

Mais informações: [email protected] ou no telefone 5834-1335. Link para inscrição online: ttps://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSczMh3ZP5ZQYwRaGb-oGncAHVgaiXMiODnOFxsUk6P68eaSPA/viewform
Quando? Sábado, 12 de novembro, das 08h às 13h
Onde? Sociedade Santos Mártires
Rua Luís Baldinato, 09 - Jardim Ângela - Extremo Sul de São Paulo
Adicionar à agenda do Google