O que significa ser homem na quebrada? Encontro “Histórias da Masculinidade” propõe reflexão e discussão do que é ser homem e seus desenrolares históricos

O encontro acontece nesse sábado (15/set), a partir das 15h no Container 011, CEU Vila Rubi. É uma das ações do projeto Masculinidade de Quebrada organizado pelo artista e militante Rafael Cristiano, e promove eventos com foco na discussão de Gênero e Sexualidade com o olhar voltado para o masculino.

Em 2017 entrevistamos o Rafael, homem negro, morador do Cantinho do Céu (Grajaú, Extremo Sul de São Paulo), que pesquisa masculinidades negras para falar sobre como é ser homem negro na quebrada.

“História da masculinidade” é o primeiro tema dos encontros denominados “Masculinidades em Xeque”. O encontro conta com o apoio do Grupo 011 e a presença do convidado Fábio Mariano, professor universitário, Bacharel e Mestre em Direito e Doutorado em Ciências Sociais pela PUC-SP. Estuda Políticas de Morte em relação a sujeitos vulneráveis. Pesquisador do Núcleo de Pesquisa Inanna e ministra aulas sobre Gênero e Masculinidade. 

Mais informações click aqui

Imagem destacada
Anotaí!
O quê?

História da masculinidade

Primeiro tema dos encontros denominados “Masculinidades em Xeque" que propõe reflexão e discussão do que é ser homem e seus desenrolares históricos
Quando? 15 de Set, às 15h00
Onde? CEU Vila Rubi
Rua Domingos Tarroso, nº 101, 04823-090 São Paulo
Adicionar à agenda do Google