Reportagem de Aline Rodrigues. Edição de texto por Thiago Borges

“Ei, seu ex-nenê. A conversa é com você”. No instagram, no facebook e principalmente no whatsapp, chega aquela mensagem direcionada a quem também já foi uma criança pequena.

Com o uso das ferramentas da internet e linguagem lúdica e acessível, o Nenê do ZAP é um personagem criado com objetivo de sensibilizar a sociedade “adulta” para a importância da conversa e da interação na primeira infância.

E, a partir desta sexta-feira (14/08) e durante as próximas semanas, você acessa parte desses conteúdos aqui na Periferia em Movimento como fruto dessa parceria.

“O Nenê do ZAP leva informações e dicas sobre essa fase do nascimento até os seis anos para pais, mães e qualquer adulto que tenha convivência com bebês e crianças”, explica Sarah Maia, coordenadora do projeto Nenê do Zap, que foi desenvolvido pela Fundação Maria Cecilia Souto Vidigal.

Clique aqui e acesse todos os materiais do Nenê do ZAP

Sarah lembra que 90% do cérebro se desenvolve até os 6 anos de idade. As conexões neurais se formam a um ritmo de 1 milhão por segundo, ou seja, é uma enorme janela de oportunidades para o desenvolvimento infantil. Esses estímulos vão desde falar, conversar até ler e cantar a uma criança.

O cuidado tem ainda um impacto econômico. Segundo o economista James Heckman, prêmio Nobel de Economia em 2000, investir na primeira infância traz um retorno de 13% ao ano. Isso acontece por causa das melhorias em saúde e educação e da diminuição da criminalidade e do desemprego.

“Uma primeira infância com cuidados, amor, estímulo e interação pavimenta o caminho para que a criança aproveite todo seu potencial. Nasce um adulto mais saudável e equilibrado. E floresce uma sociedade com os mesmos valores”, salienta Sarah.

Coronavírus e os nenês

O Nenê do ZAP nasceu apenas 2 semanas antes da decretação de pandemia do novo coronavírus. Por isso, com as crianças sem escola e creche, famílias sobrecarregadas e preocupadas com emprego e renda, o personagem passou a dar dicas também de como cuidar de si e das crianças nesse período – desde o uso de máscara, lavar as mãos até aspectos emocionais.

Nas redes sociais, os vídeos com especialistas ajudam a tirar dúvidas e sugerir caminhos para cuidar das crianças em meio a pandemia.

“O Nenê do Zap existe para lembrar os adultos – ou como ele mesmo chama, os ex-nenês – de que falar, cantar, brincar e ler para os bebês e crianças são os melhores estímulos para a aprendizagem”, conclui Sarah.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: