Ao longo dos últimos meses, citamos vaquinhas e redes de solidariedade que colaboraram para amenizar os impactos da pandemia nas periferias Brasil afora. Com o ano de 2020 chegando ao fim sem que haja uma solução definitiva para a crise do coronavírus, movimentos e organizações se articulam para que ao menos este Natal seja mais tranquilo para famílias em vulnerabilidade.

A Periferia em Movimento mapeou e indica abaixo 6 campanhas para você colaborar.

1. Ajude os moradores da Maloca do Alcântara Machado

O grupo Corote e Molotov está arrecadando recursos para auxiliar mais de 200 pessoas que vivem na Maloca embaixo do viaduto Alcântara Machado, na região do Brás (zona Leste de São Paulo). Além de fazer uma ceia natalina por mais um ano, o dinheiro vai ajudar a custear a troca da fiação elétrica no local.

Para contribuir, é possível fazer transferência bancária para a conta de Carolina Oliveira no Bradesco (agência 3968-3, conta corrente, 3321-9, CPF 34858251829). Quem preferir fazer um pix ou pagar pelos bancos Nubank, Inter, Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasol, pode chamar o grupo pelo inbox da página no facebook. Clique aqui para acessar.

2. Contribua com uma vaquinha na Brasilândia

Professores, estudantes e jovens moradores da Brasilândia, na zona Norte de São Paulo, criaram o comitê de solidariedade de classe Brasilândia Nossas Vidas Importam. E, como ação auto-organizada, desde o início do ano o grupo já distribuiu mais de 1 mil cestas básicas, 270 kits de higiene, 1,2 mil máscaras de pano e mais de 1 tonelada de alimentos, além de boletins informativos.

Com o Natal se aproximando e a continuidade da pandemia e seus efeitos sobre famílias em vulnerabilidade, o comitê lançou uma vaquinha virtual solidária com contribuições a partir de R$ 25. Para doar, basta acessar este link.

Para quem preferir comprar uma cesta básica, é possível entregar diretamente na rua Nogueira, 85 – Vila Penteado.

3. Apoie outra campanha pelo Natal sem fome na Brasilândia

Em ação desde abril contra os efeitos da pandemia, a Associação dos Moradores do Alto da Vila Brasilândia (AMAVIB) distribuiu mais de 50 mil marmitas e 2 mil cestas básicas a famílias em situação de vulnerabilidade na região. Agora, na campanha de Natal, o grupo pretende doar pelo menos 500 cestas básicas a famílias já cadastradas.

Para isso, até dia 20 de dezembro o grupo arrecada recursos em uma vaquinha virtual (clique aqui), pelo Mercado Pago (clique aqui), pelo Paypal (clique aqui) ou por depósito bancário em nome de Claudio Rodrigues Melo (Caixa Econômica Federal, agência 3032, conta corrente 0001-1885-7, CPF 15306484832).

4. Contribua com famílias do Jaraguá e Parada de Taipas

Na região Noroeste da cidade, o Apoio Mútuo Jaraguá Taipas contra Covid atuou ao longo dos últimos meses para socorrer famílias com maior necessidade. E neste Natal, não é diferente. Para isso, o grupo pede doações em dinheiro para contribuir os beneficiários.

Os recursos podem ser doados pelo PicPay (@apoiomutuojaraguataipas), PayPal e Mercado Pago ([email protected] ou 11 99499-4465); pela Caixa Econômica Federal (agência 3012, operação 001, conta corrente 27113-8); ou pelo Bradesco (agência 0504, conta corrente 0461469-0, em nome de Ana Claudia dos Santos, CPF 30301153809, pix +55 11 99499-4465).

5. Colabore com crianças e famílias da Cooperativa Granja Julieta

Há mais de 10 anos, o Movimento Negro Unificado faz festa de Natal para as crianças, filhas e filhos, das catadoras e catadores da Cooperativa Granja Julieta, no Socorro (zona Sul de São Paulo). Com a pandemia, a festa não vai acontecer, mas o grupo pretende entregar presentes e cestas básicas a todos os cooperados.

Faça uma doação para montagem das cestas em nome de Regina Lúcia dos Santos (Caixa Econômica Federal, agência 2920, operação 013, conta 9475-6, CPF 92071899849)

6. Compre um kit de Natal pra você e ajude famílias na zona Sul

Formada por voluntárias, a coletiva Orgânicas para Todes comercializa alimentos sem veneno produzidos por empreendedoras de periferias da zona Sul de São Paulo, atrelando as vendas com doações para famílias em situação de vulnerabilidade. Com a proximidade do final do ano, o grupo montou kits com produtos diferenciados feitos por empreendimentos principalmente de mulheres de Vargem Grande, Grajaú, Campo Limpo e Taboão da Serra.

Nesta parceria, as iniciativas Solar, Bioafetiva, O que cabe no meu prato, Nossa Fazenda e Sítio Paiquerê oferecem 6 kits diferentes. O valor da doação já está incluído no preço final de cada kit.

Para pedir, acesse o formulário aqui.

– kit 1: bolo de laranja e café orgânico produzidos pelo Sítio Paiquerê – R$ 40

– kit 2: pão, conserva e licor de jabuticaba da Nossa Fazenda – R$ 55

– kit 3: 4 brownies – R$ 30

– kit 4: shampoo e desodorante da Bioafetiva e Bruna Rendeira – R$ 55

– kit 5: Óleo corporal e pomada SOS – R$ 71,50

– kit 6 – 1 legume, 1 chá, folha de refoga, tempero, salada e fruta de agricultores agroecológicos de Parelheiros

– Além de panetones e chocotones caseiros artesanais de 400 gramas por R$ 36

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: