Há poucas coisas tão poderosas e transformadoras no mundo do que a união entre mulheres. Quando se tratam de mulheres negras, as experiências coletivas regem as trajetórias desde a vinda forçada para o Brasil; a resistência e luta pela liberdade, e quando livres, ainda padecem do racismo persistente na sociedade brasileira.

No documentário “Mulheres Negras: Projeto de Mundo”, nove vozes femininas negras são apresentadas de maneira suave e potente.  Em seus depoimentos, cada mulher fala da sua experiência de sobrevivência calcada em sua raça, gênero, classe e desvendam o que significa habitar em pele negra.

Dirigido pela feminista negra, Day Rodrigues, em parceria com Lucas Ogasawara, o documentário conta com depoimentos de Djamila Ribeiro, Ana Paula Correia, Aldenir Dida Dias, Preta Rara e Nenesurreal, Francinete Loiola, Luana Hansen, Monique Evelle e Andreia Alves.

O documentário traz contribuições sobre o feminismo negro e sua importância. “Há narrativas e projetos de mundos. O feminismo negro é uma grande potência teórica para as pesquisadoras negras, pela via acadêmica e por outras construções, em outros espaços e isso pode ser percebido nas falas das entrevistadas”, conta Day Rodrigues.

A linha narrativa do filme reverbera vozes de mulheres que apresentam seu projeto de mundo que, no fim, projetam o resgate de uma humanidade historicamente negada.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: