Moradores de favelas do Jaguaré lembram Dia da Consciência Negra com debates, jogos e muita música Batizado de "Tardes Africanas", o evento acontecerá no sábado e domingo (dias 19 e 20) nas favelas São Remo e Nova Jaguaré, respectivamente. Saiba mais o que vai rolar

No Dia da Consciência Negra, moradores do Jaguaré (zona Oeste de São Paul0) relembram a data da morte do líder negro Zumbi dos Palmares com dois grandes encontros para discutir  racismo, violência e direitos sociais.

Batizado de “Tardes Africanas”, o evento acontecerá no sábado e domingo (dias 19 e 20) nas favelas São Remo e Nova Jaguaré, respectivamente, no âmbito do projeto Viva Bairro.

17112016-tardes-africanasNo sábado, a Praça Jardim do Éden, no coração da São Remo, será palco de um encontro entre pessoas, poesia, culinária e conversas poderosas que irão problematizar questões como o racismo, o extermínio da juventude negra e as contribuições que movimentos culturais tais como o Hip Hop e os saraus oferecem à sociedade.

Já no domingo é a vez do Canto da Arte, na Nova Jaguaré, receber o Tardes Africanas. O espaço, antigo telecentro ocupado artisticamente pelos moradores que hoje oferecem exposições e oficinas, vai receber oficinas de trança, turbante, roda de capoeira e muita música com dez atrações de dentro e fora da comunidade. Nos dois dias, a atividade é gratuita e aberta a todos os interessados e interessadas.

Anotaí!

Tardes Africanas na São Remo
Quando? Sábado, 19 de novembro, às 13h
Onde? Na Praça Jardim do Éden – Ponto de Referencia: Supermercado Roldão da Corifeu de Azevedo Marques

Tardes Africanas na Nova Jaguaré
Quando? Domingo, 20 de novembro, às 10h
Onde? No Espaço Cultural Canto da Arte – Rua Três Arapongas, S/N [Antigo Telecentro] – Ponto de referencia: CEU Jaguaré