Neste sábado (19 de novembro), oportunidades interessantes em São Paulo para quem quiser conhecer melhor a cena da chamada literatura periférica.

No Centro da cidade, a jornalista Jéssica Balbino apresenta e debate o documentário que produziu de forma independente: “Pelas Margens” faz um recorte da participação feminina na literatura marginal/periférica brasileira nos últimos 15 anos. Nele, as mulheres que escrevem suas próprias histórias são as protagonistas desse universo poético, cheio de incômodos e também lirismos.

O filme é como um panorama da literatura marginal/periférica brasileira contado a partir das vozes femininas dos saraus, slams e editoração. Ele debate o machismo no mercado editorial, bem como nos espaços e é permeado pela poética e força destas mulheres.

Das telas às rodas de poesia, no Grajaú (Extremo Sul) da cidade o Sarau Grito Periférico exibe trampos de mulheres negras periféricas e inicia o encontro também com um cine-debate. E na Ilha do Bororé, a última edição do ano do Sarau de Cordas recebe os poetas Marcelino Freire e Hugo Paz, além de apresentações teatrais do Núcleo Pele, Israel de Lima e Evânia Vieira e exposição de Mônica Marques ao redor da fogueira.

Anotaí!

Exibição documentário “Pelas Margens”

Onde? Às 16h, na Ação Educativa – Rua General Jardim, 660, Santa Cecília – Centro de São Paulo

Mais informações aqui.

Sarau Grito Periférico

Onde? Às 17h, no Circo Escola Grajaú – Avenida Belmira Marin, 2417 – Grajaú – Extremo Sul de São Paulo

Mais informações aqui.

Sarau de Cordas

Onde? Às 18h, na Casa Ecoativa – Estrada de Itaquaquecetuba, 7225 – Ilha do Bororé – Extremo Sul de São Paulo

Mais informações aqui. 

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: