Inscreva-se: oficina de jornalismo e direitos humanos para professores e educadores Projeto "Repórter da Quebrada", do Periferia em Movimento, promove atividade gratuita nos dias 18 de março e 01 de abril no Extremo Sul. Saiba como participar

Em 2017, o Periferia em Movimento inicia uma nova edição do projeto “Repórter da Quebrada – Jornalismo e Direitos Humanos conectando o Extremo Sul” (confira aqui como foi a primeira edição). Além de publicar conteúdos e dar visibilidade a quem está na luta pela garantia de direitos na região, também vamos realizar mais de 100 horas de oficinas em escolas e com adolescentes do território.

E, para começar, oferecemos uma oficina de 10h a professores/as da rede pública e educadores/as formais e informais que integram organizações, coletivos ou movimentos populares. A oficina abordar como o jornalismo e as ferramentas da comunicação podem ser utilizados na abordagem dos direitos humanos, seja na sala de aula ou em outros espaços de aprendizado.

Dividida em dois dias, a oficina acontece aos sábados, nos dias 18 de março e 01 de abril, a partir das 09h da manhã. Os encontros serão feitos no Centro Cultural Grajaú. A oficina é gratuita, com limitação de até 30 participantes.

Em caso de número de inscritos superior às vagas disponibilizadas, os critérios para seleção serão:

  • Ordem de inscrição
  • Ser professor/a de escola pública ou educador/a formal ou informal em alguma organização, movimento ou coletivo
  • Residir ou atuar na região Extremo Sul de São Paulo
  • Utilizar ou demonstrar interesse por ferramentas de comunicação no dia a dia
  • Gênero (feminino) e raça (negra/indígena)

Para participar, é necessário se inscrever no formulário abaixo. Feito isso, aguarde nosso contato!