FELIZS: 3ª Feira Literária da Zona Sul homenageia poeta do Campo Limpo Começou nesta segunda (11/09) e vai até sábado que vem (dia 23) a terceira edição da FELIZS, organizada pelo Sarau do Binho em vários espaços culturais e educacionais de São Paulo.

Foto em destaque: Pedro Borges

Abordando o tema “Onde habita a poesia?”, a terceira edição da Feira Literária da Zona Sul (FELIZS) começou nesta segunda-feira (11) e vai até o próximo sábado (23 de setembro) em diversos espaços culturais e educacionais da cidade. Organizada pelo Sarau do Binho, coletivo formado por artistas, educadores e autores independentes do Campo Limpo, bairro da zona sul de São Paulo, o evento deste ano faz uma homenagem ao poeta Renato Palmares, morador do Jardim Olinda, um dos bairros que formam o distrito do Campo Limpo, na periferia de São Paulo.

Uma das novidades da FELIZS 2017 é o lançamento do selo literário “Sarau do Binho”, criado com apoio da editora independente, Ciclo Contínuo Editorial. Com a criação do selo, o poeta homenageado, Renato Palmares publicará seu primeiro livro “Mitos sobre semeaduras e colheitas”, que será lançado oficialmente durante a programação do evento.

“Quando criamos a Felizs o foco era discutir, fomentar e expandir o reconhecimento dessa produção literária presente no movimento dos saraus periféricos, mas hoje, esse propósito ganhou novos desafios, porque essa produção literária está rompendo barreiras geográficas devido ao talento dos nossos artistas. Com isso, a FELIZS de hoje tem como propósito também consolidar a periferia da zona sul de São Paulo como um lugar reconhecido por abrigar pessoas que produzem, discutem e consomem a literatura produzida aqui e fora da periferia”, comenta a produtora cultural Diane Padial.

Ela lembra que a FELIZS 2017 segue a tradição de promover um encontro literário para abrir oficialmente o evento, com isso, o Sarau do Binho se apresenta no dia 11 de setembro às 21h no Espaço Clariô, localizado na divisa de Taboão da Serra com a cidade de São Paulo.

Com uma programação gratuita e composta por conversas literárias, feira de livros, saraus, oficinas culturais, apresentações musicais e intervenções de teatro e circo , A FELIZS 2017 irá percorrer diversos equipamentos púbicos da zona sul, como unidades de CEU´s, Casas de Cultura, Escolas e Bibliotecas Públicas. As atividades do evento também marcam presença em espaços de cultura e educação popular da periferia, como o CIEJA Campo Limpo, Espaço CITA, Biblioteca Comunitária Brechoteca, Bloco do Beco, Sacolão das Artes, Espaço Cultural I Love Laje, Espaço Clariô de Teatro e o SESC Campo Limpo.

“Na FELIZS, a literatura é um fio condutor que une autores, artistas, articuladores culturais e comunitários, professores, adultos e crianças, para discutir questões, como educação, acesso a cultura, políticas públicas e incentivo à leitura, afinal, cada temática da programação é pensada para dialogar com as necessidades ou demandas específicas dos moradores e dos artistas da periferia”, explica Suzi Soares, uma das produtoras da FELIZS.

Grandes nomes da literatura e das artes brasileiras estão confirmados para participar da terceira edição da FELIZS, como a autora Conceição Evaristo, uma das principais atrações da FLIP 2017 e a arte-educadora Rosa Iavelberg. Ambas irão participar de conversas literárias sobre suas obras no SESC Campo Limpo, com encontros abertos ao público.

“O evento já faz parte do calendário cultural da cidade, no entanto, queremos cada vez mais que os moradores, artistas e educadores que moram na região se apropriem das oportunidades de ampliar suas vivências, valorizando também a cultural local”, ressalta Diane Padial.

De acordo com o crescente número de visitantes nas edições anteriores, a organização da FELIZS estima que mais de 10 mil pessoas participem do evento. “Como a dinâmica da programação dialoga com espaços com grande circulação de público, nós estamos confiantes para atingir um bom número de pessoas. Em 2016 atingimos 8 mil visitantes e este ano esperamos alcançar 10 mil”, finaliza Diane.

Assista o vídeo com a trajetória do poeta Renato Palmares, homenageado na 3º Feira Literária da Zona Sul.

 

Confira a programação completa aqui. E abaixo, alguns destaques que o Periferia em Movimento selecionou:

Terça-feira (12/09) – 19h30 – “No Hay Camino: Quatro narrativas de encontro com a poesia – Conversas Literárias”, com Luan Luando, Serginho Poeta, Tula Pilar e Binho Padial

Quatro fios condutores do encontro biográfico com a poesia por integrantes do Sarau do Binho, em narrativas no formato de TED (Tecnologia, Entretenimento e Design convergentes). As conferências serão filmadas e editadas para disponibilização na Internet.

Local: Univesidade Anhanguera (Teatro) – Estr. do Campo Limpo, 3677 – Jardim Bom Refugio – São Paulo – SP

Quarta-feira (13/09) – 19h30 – “A arte como potência de vida na escola: Leituras de corpos e de mundos”, com Rosa Iavelberg e Leno Ricardo Vidal. Mediação: Shirlei do Carmo. Intervenção poética de Nicoly Soares

O que acontece quando uma escola escuta sua comunidade, dialoga com seus moradores e valoriza suas histórias? Como a arte pode possibilitar encontros e travessias para a construção das identidades culturais? Para a responder essas questões, convidamos a professora Rosa Iavelberg, pesquisadora e arte-educadora das linguagens artísticas  e o professor Leno Ricardo Vidal,  que atua na EMEF José de Alcântara, no Real Parque, e desenvolve trabalhos com crianças e jovens Pankararus que ali residem. Mediação de Shirlei do Carmo, pedagoga, assistente de direção da EMEI Chácara Sonho Azul.

LOCAL: SESC CAMPO LIMPO – R. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120 – Vila Prel – São Paulo

Quinta-feira (14/09) – 14h – Contação de Histórias: “Brincadeiras cantadas do Congo”, com Daniel Wasawulua

Misturando narrativas orais, movimento corporal e percussão, o Wasawulua Daniel recria contos do Congo protagonizados por animais.

LOCAL: CEU GUARAPIRANGA – Estr. da Baronesa, 2031 – Parque do Lago, São Paulo

Sexta-feira (15/09) – 15h – Oficina de Restauração de livros, com Marciano Ventura

LOCAL: ESPAÇO CULTURAL CITA – R. Aroldo de Azevedo, 20 – Jardim Bom Refugio – São Paulo

Sábado (16/09) – 14h – “A cena literária e cultural das periferias”, com Jéssica Balbino, Salloma Salomão e Marilu Cardoso. Abertura com pocket show de Jony Mutcho e Fernando Rangel + intervenção poética de Otilia Fernandes, Zilda Paiva e Djalma Pereira e Oliveira + Exposição fotográfica com curadoria de Andressa Mota

Em quais contextos e panoramas históricos-sociais-geográficos emergem as criações e as produções periféricas? O que as periferias têm  manifestado  nos últimos anos como formas de reinventar as suas identidades, os seus territórios e  a sua resistência cultural? Para essa mesa, convidamos a pesquisadora Jéssica Balbino, mestre em Comunicação pela UNICAMP com um trabalho sobre escritoras negras periféricas e  Salloma Salomão, doutor pela PUC-SP em musicalidades negras, músico, produtor cultural, educador e formador de professores. Mediação de Marilu Cardoso, doutoranda em História na PUC-SP e professora da Rede Pública Municipal.

LOCAL: ESPAÇO CULTURAL “I LOVE LAJE” – Rua Martinho Vaz de Barros, 27 – Vila Pirajussara – São Paulo (altura 3000 da Estrada do Campo Limpo)

Segunda (18/09) – 19h – A Saúde da Mulher Negra – O processo de criação de Sangoma com Cia Capulanas de Arte Negra. Intervenção poética de Lids Ramos.  Atrizes da Cia. Capulanas interpretam trechos do espetáculo “Sangoma”, criado a partir de pesquisas sobre a saúde da mulher negra, e expõem o processo de sua criação em documentário e roda de conversa.

LOCAL: SACOLÃO DAS ARTES – Av. Cândido José Xavier, 577 – Capão Redondo, São Paulo – SP

Terça (19/09) – 19h – Mesa “A leitura e o espaço da escola”, com Iracema Santos do Nascimento, Solange Amorim e Nicoly Soares.  Abertura com pocket show de Gunnar Vargas, Paula da Paz e Potyra da Paz + Intervenção poética Pedro Lucas

Como a leitura literária pode colaborar para redefinir o espaço escolar? Pode a escola ser um polo cultural em seu território? Para essa mesa, convidamos a pesquisadora Iracema Santos do Nascimento, que investiga como a  organização escolar pode contribuir para promover o contato com a literatura; Solange Amorim, diretora da EMEF Sócrates Brasileiro, escola do Campo Limpo que está se articulando com coletivos culturais locais e constituindo o “Território do Povo”, e Nicoly Soares, estudante de Taboão da Serra que, através de um trabalho escolar com saraus tornou-se parte do coletivo do Sarau do Binho.

LOCAL: CEU CASABLANCA – R. João Damasceno, 85 – Casa Blanca – São Paulo

Quarta (20/09) – 19h30 – Escrevivências: A palavra poética como narração do outro mundo com Conceição Evaristo e Marciano Ventura. Intervenção poética de Tula Pilar.

Como as escritas se entrelaçam às experiências corporais, sociais e políticas dos nosso tempo? O que as literaturas podem revelar das histórias de quem as compõe? Convidamos Conceição Evaristo, mestra em Literatura Brasileira (PUC – Rio) e Doutora pela UFF, autora de Ponciá Vicêncio (2002), Olhos D´Água (2014, Prêmio Jabuti) e Histórias de Leves Enganos e Parecenças (2016) para partilhar suas escrevivências na condição de mulher negra escritora no Brasil.

LOCAL: SESC CAMPO LIMPO – R. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120 – Vila Prel – São Paulo

Quinta (21/09) –  14H – Ser Índio Hoje: produção de Culturas Indígenas Contemporâneas. Com Daniel Puri e Luis Roberto de Paula. PARTICIPAÇÃO DO RAP GUARANI MBYA + INTERVENÇÃO POÉTICA DE MARLON CRUZ

Quais desafios são colocados hoje para as criações culturais indígenas a partir do encontro com outras culturas? O que nos contam as novas criações culturais indígenas como  o rap, o forró, a seresta e o funk?  Para esta mesa, convidamos Daniel Puri, educador, e Luiz Roberto de Paula, antropólogo, professor universitário e formador de educadores indígenas em contexto intercultural.

LOCAL: CASA DE CULTURA DO CAMPO LIMPO – R. Aroldo de Azevedo, 100 – Jardim Bom Refugio, São Paulo – SP

Sexta-feira (22/09) – 19h30 – SARAU POESIA DE TODO CANTO

Roda de conversa sobre a cena dos saraus em várias cidades brasileiras e nas periferias de São Paulo, seguida de sarau com seus representantes. Apresentação: Binho

LOCAL: SESC CAMPO LIMPO – R. Nossa Sra. do Bom Conselho, 120 – Vila Prel – São Paulo

 

Sábado (23/09) – 11h às 12h  – FELIZS na Praça do Campo Limpo

Exposição de livros de editorias e escritores independentes, intervenções poéticas, conversas literárias, shows e performances

11h – Abertura: Maracatu Ouro do Congo (cortejo pela Praça do Campo Limpo)

12h – Mesa: “A Poesia no movimento Hip Hop”, com Robsoul e Sabrina de Paula. Intervenção poética: Pow Literarua

14h – Mesa: “Os saraus e seus desdobramentos no território”, com Cris Lima, Phran Noctuam e Fernando Coimbra. Intervenção poética: Thayaneddy Alves

15h40 – Pocket show: Camila Trindade

16h – Mesa “As narrativas do Pixo”, com Ruivo Lopes

17h30 – Mesa “O feminino na literatura: Estratégias poéticas de luta”, com Luiza Romão e Mel Duarte. Mediação: Alai Diniz. Intervenção poética: Jenyffer Nascimento.

18h30 – Pocket Show: Camila Brasil

19h – Sarau

20h30 – Show: Luedji Luna

21h30 – Show de encerramento: Grupo Cupuaçu

 

TEATRO E CIRCO

12h30 – Cia Reprises

13h30 – “Os perdidos”, com Solas de Vento

14h – “Homo Poéticus”, com Marco Miranda

14h30 – Gumboot Dance Brasil

15h – “Circo Fubanguinho”, com Trupe da Lona Preta

16h30 – “Na Estrada”, com Cia do Revés

 

 

OFICINAS

13h30 – Oficina de Cordel, com Jarid Arraes

16h – Oficina Gravura em Metal e Monotipia, com Raíssa Corso

 

EXPOSIÇÕES E INTERVENÇÕES (Das 11h às 22h):

  • Bicicloteca
  • Exposição fotográfica “Tudo em volta é só beleza”, de Will Cavagnoli

  • “Exposição “Metal-Morfose”, de Poeta Casulo

– “África em Nós”, de Jair Guilherme e Puga

  • Verso Móvel Sound System, com Caco Pontes e Caleb Mascarenhas
  • Leitura Surpresa

  • entre outras…

     

    Anotaí!
    O quê?

    FELIZS - Feira Literária da Zona Sul

    Programação completa em: http://www.felizs.com.br/programacao/
    Quando? De segunda (11/09) a sábado (23/09)
    Onde? Zona Sul
    São Paulo
    Adicionar à agenda do Google