Encontro debate como combater o racismo na educação

Como parte da 15ª Jornada Anti-Fascista, o Coletivo Katu e o Bloco do Beco promovem neste sábado (06 de junho) o encontro Educação Anti-racista.

A programação inclui curtas-metragens e debates sobre os povos indígenas, religiosidade e subjetividade africanas e exemplos práticos de combate ao racismo por meio da educação dentro e fora das escolas.

A Jornada Anti-Fascista surge como uma extensão das atividades desenvolvidas por diversos grupos e indivíduos libertários no combate ao fascismo e aos grupos que propagam o ódio racial, a intolerância, o nacionalismo extremado e a discriminação.

Confira a programação do encontro:

14h – Curtas-metragens sobre os povos indígenas

14h30 – Debate: Indígenas e o combate ao racismo na educação escolar
– Emerson Souza – Sociólogo guarani
– Sassá Tupinambá – Movimento Indígena Revolucionário (MIR) e Tribunal Popular

16h – Bate papo sobre a religiosidade africana

16h30 – Debate: Africanidade e Subjetividade
– Maurício Luandé – Instituto Afro Cultural Mwana Zambe
– Priscila Dias -Instituto Afro Cultural Mwana Zambe

18h – Apresentação cultural:
Opanijazz

18h30 – Pausa: Alimentar é Nutrir

19h – Debate: Rompendo com as práticas racistas nas escolas
– Alê Tavares – Coletivo Katu! / Zumbi Somos Nós
– Cibele Racy – EMEI Guia Lopes
– Projeto “Malungo – Não deixe sua cor passar em branco”

20h30 – Encerramento: Apresentação cultural

Anotaí!

Educação Anti-Racista

Quando? Sábado, 06 de junho, das 14h às 21h

Onde? Casa do Bairro – Rua Bento Barroso Pereira, 02 – Jd. Ibirapuera – Zona Sul de São Paulo

Mais informações aqui.