(Foto: Divulgação)

Em Parelheiros, saraus movimentam de praça da igreja a cemitério Sarau do Terror acontece dentro do Cemitério do Colônia, enquanto último Sarauê do ano celebra cultura afrobrasileira

Como você gostaria de ser lembrado após a morte? Com esse mote, a Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura realiza a oitava edição do Sarau do Terror, que acontece anualmente no Cemitério do Colônia, no Extremo Sul de São Paulo. O evento acontece neste sábado (10 de novembro), e no mesmo dia ocorre a última edição do Sarauê, também em Parelheiros.

Relações com a morte

Com o tema “Quem você vai ser quando você morrer”, inspirado no livro de autoria de Lia e Inácio Zatz, o Sarau do Terror parte de uma indagação sobre o que cada personagem imagina ser quando morrer. A motivação do evento anual é o fato da Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura estar sediada na extensão do Cemitério do Colônia, criado no século 19, e mais antigo cemitério protestante do Brasil. Clique aqui e saiba mais sobre essa história. Com o sarau, os realizadores pretendem mostrar que a literatura pode ocupar todo e qualquer lugar.

Anotaí!

Quando? Sábado, 10 de novembro, das 13h às 19h

Onde? Na Biblioteca Comunitária Caminhos da Leitura – Rua Sachio Nakao, 28 – Colônia Paulista – Extremo Sul de São Paulo

Mais informações aqui

 

Literatura, dança e show

A poucos quilômetros do Colônia, na praça central de Parelheiros, acontece a última edição do Sarauê em 2018 com uma celebração da cultura afrobrasileira. Além do lançamento do livro “Sensualidade de Fino Trato”, de Tula Pilar, e dos zines “Afronte” (Deusa Poetisa) e “Dengosa” (Aline Anaya), também acontece uma apresentação da “Cia de Arte e Dança Negra Oju Orum” e pocket show de Luana Bayô.

Anotaí!

Quando? Sábado, 10 de novembro, das 19h às 22h

Onde? No Centrinho de Parelheiros – Praça Júlio Cesar de Campos – Parelheiros – Extremo Sul de São Paulo

Mais informações