Em Parelheiros, encontro discute gênero e sexualidade nas escolas da quebrada Com oficinas, exposições e debates, "Inflitração" conta ainda com apresentações de documentários, dança e show do grupo Rap Plus Size

Realizado neste sábado (19 de novembro) no Extremo Sul de São Paulo pelo coletivo Rusha Montscho, o encontro “Infiltração – Genero e Sexualidade é Pauta da Quebrada e da Escola” tem o objetivo de promover o respeito à diversidade como forma de garantir o exercício da cidadania e o fortalecimento dos vínculos sociais, levando em consideração todas as diferenças que fazem parte da identidade da pessoa e a definem como sujeito de direitos.

O evento é gratuito, aberto ao público em geral e tem o objetivo de reunir comunidade, estudantes, educadores, acadêmicos, ativistas e pessoas em geral com interesse na construção de um cenário em que a ampliação de direitos e respeito por minorias seja o foco.

Confira a programação

10h – Abertura/café da manhã

Exibição do documentário “4Letras – Direito de Igualdade”, do coletivo Perifraseando

11h – Debate “Cultura de ódio aos LGBTs e seus impactos na educação”, com Ariel Nobre, Symmi Larret e Wellington Santos

12h20 – Almoço e oficinas africana, turbante, pintura corporal, tranças, stencil, frases e cartazes

14h – Debate “A naturalização da violência contra a mulher”, com Leila Rocha, Phâmela Godoy e Joice Seixas

15h20 – Apresentação do grupo Família Unidos pela Dança

15h50 – Debate “Gênero e Sexualidade: identidades e orientação sexual”, com Brunna Vallin, Carol Patrocínio, Elânia Francisca, Pâmela Silva e Rodrigo Carvalho

17h20 – Lanche e apresentação de “A Revolta da Lâmpada”

17h50 – Encerramento com grupo “Rap Plus Size”

Anotaí!
O quê?

Infiltração

Mais informações: https://www.facebook.com/events/206414363132094/?active_tab=discussion
Quando? Sábado, 19 de novembro, 10h às 19h
Adicionar à agenda do Google