Edital seleciona 70 agentes de cultura nas quebradas; saiba como participar Candidatos selecionados vão receber R$ 1.000 por mês durante um ano para executar ações culturais. Formações tiram dúvidas de quem tem interesse em se inscrever

Até o dia 05 de agosto, a Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo recebe inscrições para a 2ª edição do Programa Agente Comunitário(a) de Cultura, que tem por objetivo apoiar iniciativas artístico-culturais desenvolvidas por moradores e moradoras da cidade de São Paulo que já atuem como agentes culturais há, pelo menos, dois anos. Serão selecionados 70 candidatos que vão receber R$ 1.000 por mês, ao longo de 12 meses, para executar suas ações, especialmente nos territórios periféricos.

Clique aqui e confira o edital na íntegra.

Para se candidatar é necessário ter no mínimo 16 anos, residir e atuar na cidade de São Paulo há no mínimo dois anos e ter cursado os últimos três anos do ensino básico (considerado até o ensino médio) na rede pública de educação. Pessoas que fizeram até o ensino médio em escola pública e o ensino superior em instituição particular também podem concorrer.

Plano de ação

O candidato precisa apresentar um plano de atuação apresentado deverá contar com objetivos; ações a serem desenvolvidas, com cronograma; local de realização que deverá ser um equipamento público ou um espaço comunitário de cultura sem fins lucrativos, com prioridade às ações que desenvolvidas nos equipamentos da Secretaria Municipal de Cultura (Casas de Cultura, Bibliotecas, Centros Culturais, Casas Históricas), com apresentação de carta de anuência dos espaços escolhidos; e plano de articulação e mobilização que demonstre como será realizada a aproximação do público ao equipamento escolhido.

Também é necessário apresentar um portfólio consistente; cartas de apresentação de organizações, grupos ou coletivos, referendando a atuação do candidato; uma proposta de atuação cultural para o tempo de recebimento do subsídio (12 meses) e sua trajetória escolar no sistema público de ensino.

A prioridade é para pessoas com menores condições socioeconômicas e por este motivo a maior parte das vagas é destinada à periferia. Uma novidade apresentada neste edital é a inserção da paridade de identidade de gênero. Serão destinados números iguais para homens e mulheres.

Onde se inscrever

As inscrições presenciais acontecem de terça a sexta-feira, das 14h às 18h, nos seguintes endereços:

– Secretaria Municipal de Cultura (Avenida São João, 473, 8º andar, Centro).

– Casa de Cultura de Santo Amaro (Praça Dr. Francisco Ferreira Lopes, 434 – Santo Amaro).

– Centro Cultural da Juventude (CCJ) (Avenida Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha).

– Casa de Cultura do Butantã (Av. Junta Mizumoto, 13 – Jd. Peri – Peri).

– Casa de Cultura Raul Seixas (R. Murmúrios da Tarde, 211 – José Bonifácio).

Excepcionalmente, no dia 05 de Agosto de 2016, o horário de atendimento será das 10h às 18h.

As inscrições virtuais acontecerão até o dia 03 de agosto, às 23h59min, através da páginahttp://spcultura.prefeitura.sp.gov.br/projeto/1996/ que poderá também ser consultada para acesso direto ao Edital nº 09.16 SMC.NFC – Programa Agente Comunitário(a) de Cultura. pdf .

Para tirar dúvidas

O Núcleo de Cidadania Cultura da Secretaria Municipal de Cultura tem realizado uma série de formações na cidade para tirar dúvidas de interessados em enviar alguma proposta. Veja abaixo onde acontecem as próximas formações:

Quinta (21/07)

Às 18h: Centro Cultural do Jabaquara – Rua Arsênio Tavolieri, 45 – Jardim Oriental – Zona Sul

Às 19h: Casa de Cultura do Butantã – Av. Junta Mizumoto, 13 – Jardim Peri – Zona Oeste

Sexta (22/07)

Às 14h: Casa de Cultura do Campo Limpo – Rua Aroldo de Azevedo, 100 – Jardim Bom Refúgio – Zona Sul

Às 18h: Ponto de Cultura ProBrasil Arte e Cultura – Rua J. Antonio D’Ávila, 428 – Parelheiros – Zona Sul

Sábado (23/07)

Às 10h: Casa de Cultura Raul Seixas – Rua Murmúrios da Tarde, 211 – José Bonifácio – Zona Leste