Do Grajaú ao Campo Limpo: Carreata Poética do Grajaú homenageia Graffiti como expressão cultural periférica

Do Grajaú ao Campo Limpo: Carreata Poética do Grajaú homenageia Graffiti como expressão cultural periférica

Periferia em Movimento

Periferia em Movimento

A sétima edição da Carreata Poética do CAPS será no domingo, 22 de outubro, a partir das 8h.

Está chegando a sétima edição da Carreata Poética do CAPS! Será no domingo, 22 de outubro, com um trajeto cheio de potência, passando por espaços culturais importantes para a expressão cultural periférica.
A arte homenageada da vez é o Graffiti! E a carona solidária vai ser força motriz esse ano para ir do Grajaú ao Campo Limpo. Veja o trajeto:

  • CONCENTRAÇÃO 8h

CENTRO DE ARTE E PROMOÇÃO SOCIAL (CAPS)
Rua Jequirituba, 325 – Parque América-Grajaú.
SAÍDA: 09H00

  • 1ª PARADA

PROJETO CLAMARTE
(Café da manhã)
Rua Professor Otávio Guimarães, 393 – Veleiros – São Paulo – SP
CHEGADA 10H00
SAÍDA: 11H00

  • 2ª PARADA

PRAÇA DO BOL
(Intervenções artísticas)
PARQUE ARARIBA – Praça Orfeu Conceição da Cunha
CHEGADA: 12H30
SAÍDA: 14H30

  • PONTO FINAL

(Procissão poética; Almoço solidário; Apresentações artísticas)
1. AMBULATÓRIO DA ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA MONTE AZUL
(Procissão a pé até a Associação Comunitária Monte Azul)
Onde: Rua Vitalina Grassamann, 290 – Jardim Monte Azul
CHEGADA: 15H00
SAÍDA: 15H30
2. ASSOCIAÇÃO COMUNITÁRIA MONTE AZUL
(Almoço solidário e apresentações artísticas)
Onde: Av. Tomás de Souza, 553 – Jd. Monte Azul/Campo Limpo
INICIO: 16H00
TERMINO: 18H30
Em todo o trajeto, acontecerão apresentações artísticas, também café da manhã e almoço solidários.

Carreata Poética: 26 anos de história

A Carreata Poética é uma idealização do Centro de Arte e Promoção Social, ONG que atua há mais de 27 anos no bairro do Grajaú , Extremo Sul de São Paulo. A primeira Carreata aconteceu em 1991, do Grajaú a Santo Amaro homenageando Mario de Andrade e a Semana de Arte Moderna.
Em 2015, a homenageada foi Carolina Maria de Jesus, veja. Em 2014, a Carreata se voltou aos projetos que acnotecem nas margens da Billings, como contamos nessa reportagem que relembra a história e importância da Carreata.
Em 2017, a Carreata acontece com o apoio dos coletivos culturais: Imargem; Projeto Clamarte; SARAU DAS AGUAS; Grapishow; GraffitassA; Guetto Original Crew; ReggArte; Arteiros de rua; CITA (Cantinho de Integração de Todas as Artes); Associação Comunitária Monte Azul.
Ficha técnica 2017:
Curadoria | Maria Vilani
Produção | Israel Francisco Santos; Alessandra Silveira; Adriano Mendes; Dora Medina; Regina Rambaldi; Maria Luci Nunes Nunes; Marcela Bloem; Lucimeire Juventino Martins; Fabiola Brasil Gomes; Maira Garcia; Vinicius Rossato;Lorena Hollander; Poeta Márcio Ricardo; Mauro Neri da Silva; Carol Pires; Mariana Belmont;Flôr Kepah; Gilmar Ribeiro; Ana Claudia Rocha; Evelyn Gomes; Zemarcio Kaipira Urbano; Priscila Moreira;Cleon Gomes; Davi Rocha.

Foto de Capa: Caminho para o espaço do Xemalami. (Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Autor

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Comente usando o facebook

Nosso manifesto:

Nossas redes sociais:

Notícias recentes:

1 Comentário

  1. […] acontece há 16 anos na região do Campo Limpo (Zona Sul de São Paulo) e é um dos símbolos da cultura que brota das periferias de São Paulo. Mas os encontros entre poetas, músicos e outros artistas […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Confira também

Posts relacionados:

Apoie!
Skip to content