Debate sobre verdadeiro legado da Copa

Qual o legado para o Brasil da Copa do Mundo? Mobilidade urbana, segurança, desenvolvimento, saúde, educação? Quem são os atores envolvidos nos protestos e nas mobilizações que tomam o país inteiro pedindo reformas estruturais? Quais juventudes se mobilizam para intervir socialmente nos processos de decisões do país? Afinal, essa Copa é pra quem?

Perguntas como essas e outras vêm incendiando o país num debate que vai muito mais além de debater se somos a favor ou contra a Copa, mas qual projeto de país se quer construir. As Jornadas de Junho evidenciaram juventudes que se interessam em participar diretamente das decisões do país, em São Paulo, por exemplo, os R$0,20 centavos mostraram a latente importância dos investimentos do município para o bem da população.

A participação horizontal se torna imprescindível para essa nova conjuntura política e debater com as diversas juventudes ao redor de uma mesa com coletivos convidados para expor, – que são nacionalmente reconhecidos por sua atuação integrada de jovens e movimentos sociais nas lutas contemporâneas -, possibilitará um balanço dos impactos sociais a partir dos movimentos que se organizam hoje.

Serão 4 coletivos que estarão na mesa: Levante Popular da JuventudeComitê Popular da Copa 2014 em SP, Se Não tiver direitos não vai ter copa e a Marcha Mundial das Mulheres. Além disso, estará presente também o Pe. Julio Lancellotti, reconhecido pelo seu trabalho com o povo de rua, apresentando posicionamentos que articulam a juventude nas ruas. 

O debate é organizado pela Pastoral da Juventude, Rede Ecumênica da Juventude (Reju São Paulo), Igreja – Povo de Deus – em Movimento, com apoio da Fundação Luterana de Diaconia (FLD)Movimento Nossa Itaquera , Cifa Itaquera e REC – Rede de Escolas da Cidadania. Além do debate, haverá apresentação musical da Banda Paroles.

 

Anotaí!

Juventude em debate: o legado da Copa

Quando? Neste sábado, dia 10 de maio, das 18h às 21h

Onde? Cifa Itaquera – Rua Flores do Piauí, 170 – Itaquera – zona leste de São Paulo

Informações? Pelos e-mails [email protected] [email protected] ou aqui.