“A cidade dos rios invisíveis”: Espetáculo teatral começa no trem e termina no rio Tietê Nova temporada de peça de teatro que retrata o Jardim Romano fica em cartaz entre 17 de setembro e 09 de outubro. Saiba como assistir!

O Jardim Romano é um bairro do Extremo Leste paulistano que, há cerca de dez anos, sofre com alagamentos decorrentes de enchentes. No ano de 2010, ficou três meses debaixo d’água com aquela que seria a maior enchente que o Romano já teria vivido. A partir do contato do Coletivo Estopô Balaio de criação, memória e narrativa com moradores do bairro, surge uma residência artística que resultou em três espetáculos teatrais.

Foto: Ramilla Souza
Foto: Ramilla Souza

O terceiro deles é “A cidade dos rios invisíveis”, que volta em cartaz em nova temporada a partir deste sábado (17 de setembro) até dia 09 de outubro. O espetáculo é inspirado no livro “As cidades invisíveis”, de Ítalo Calvino, e tem como mote um mergulho na história dos bairros que margeiam a linha 12 da CPTM.

O espectador, munido com um fone de ouvido e MP3, segue dentro do vagão do trem avançando o olhar pelas janelas até chegar no Jardim Romano, onde o público desembarca e segue pelas ruas do bairro até chegar às margens do rio Tietê, onde o espetáculo termina com o por do sol.

Anotaí!
O quê?

A cidade dos rios invisíveis

Os ingressos são gratuitos. Para reservar é necessário enviar e-mail com nome completo, telefone e data da apresentação que deseja ir para o e-mail [email protected] (só é possível reservar dois ingressos por pessoa).
Quando? Sábados e domingos, entre 17 de setembro e 09 de outubro. O espetáculo tem 4h30 de duração
Onde? Ponto de encontro: Espaço Cultural da Estação Brás
Estação Brás da CPTM
Adicionar à agenda do Google