Com informações da Agência Brasil

O governo de São Paulo prorrogou até o dia 31 de julho a distribuição gratuita de refeições na rede de restaurantes Bom Prato para pessoas em situação de rua, devidamente cadastradas nos centros municipais.

A gratuidade passou a valer no início de junho e foi articulada entre a mandata da deputada estadual Erica Malunguinho, movimentos sociais, organizados na Frente Parlamentar em Defesa da População em Situação de Rua, Defensoria Pública e a Secretaria de Desenvolvimento Social.

Clique aqui e confira o endereço do Bom Prato mais próximo

Segue também prorrogada a oferta de 3 refeições por dia – café da manhã, almoço e jantar – para as pessoas que possam pagar pelo prato, que custa entre R$ 0,50 e R$ 1,00.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, desde o início de abril, os 59 restaurantes Bom Prato passaram por adaptações servindo as refeições somente para viagem, em embalagens e com talheres descartáveis. Segundo o governo, mais de 93 mil refeições são servidas diariamente.

O horário de atendimento também foi ampliado para evitar aglomerações –  os cafés da manhã são servidos das 7h às 9h, os almoços das 10h às 15h e os jantares das 17h30 às 19h, ou enquanto houver refeições disponíveis.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: