Travada desde 2014 por contrariar o Plano Diretor Estratégico, após uma decisão judicial favorável publicada no início deste ano a proposta de construção de um Aeroporto de Parelheiros para jatinhos executivos obteve a certidão de uso e ocupação do solo da Prefeitura de São Paulo.

A falta dessa certidão era o único impedimento para buscar o licenciamento ambiental para a obra. Agora, os empresários buscam essa licença junto ao Governo do Estado. Por se tratar de empreendimento em área de proteção aos mananciais, cabe ao Estado licenciar, pois se trata de interesse metropolitano.

(ERRATA: no vídeo, informamos erroneamente que a licença ambiental foi emitida pela Prefeitura. Portanto, atualizamos o texto deste post e em nosso site).

E você sabe como essa empreitada pode afetar o abastecimento de água na região metropolitana e a produção de alimentos por agricultores do Extremo Sul?

Neste vídeo, a Periferia em Movimento aborda o assunto com o gestor ambiental Vinicius de Souza Almeida e com Seu Toninho, que trabalha em roças de orgânicos ao lado do terreno onde aviões podem pousar se o projeto for aprovado.

Confira:

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

× Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: