“A caneta é seu troféu”: morre a poeta Tula Pilar

Nesta quinta-feira (11/04), a cultura periférica recebeu a notícia da morte de Tula Pilar. A poeta mineira ganhou reconhecimento nos saraus das quebradas de São Paulo, sempre com um sorriso no rosto. Criada nas casas de famílias abastadas para as quais a mãe trabalhava em Belo Horizonte, Tula também foi empregada doméstica. As histórias de sua vida e de seus antepassados se fazem presentes em seus versos, que ela escreve desde sempre. Agora, a poeta se junta aos seus ancestrais. Tula faleceu aos 49 anos no pronto socorro Dr. Akira, em Taboão da Serra, e deixa três filhos. Confira abaixo um perfil da escritora.

Mulheres no RAP: Nosso falar já não será mais proibido

No vídeo, confira como foi que a jovem do Grajaú conheceu o RAP como foi que passou da timidez aos palcos.

TV Grajaú: Entrevista com Daniel Brito

Daniel Brito é um jovem poeta e blogger da região do Grajaú que espalha poemas através de zines e stickers. Confira a entrevista que ele concedeu à TV Grajaú.

LADO B: Ferréz fala sobre quadrinhos, seu trabalho nas escolas e muito mais

Na sétima edição do podcast Lado B, os integrantes do programa conversam com um dos precursores da literatura marginal

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: