Luta na ocupação Jardim da União

Por Isabel Harari e Roberto Oliveira, em especial da Revista Vaidapé para Agência Carta Maior  Foto Vinicius Pereira Emily, Jéssica e Vitória encontram um barraco vazio, quase no limite do terreno, já com mato crescendo nos cantos. As meninas, de 8, 12 e 11 anos respectivamente, resolveram ocupá-lo. Conversaram com o proprietário anterior, que já havia ido embora doContinue lendo Luta na ocupação Jardim da União

Ocupação Nova Palestina, uma cidade sem teto

Por Isabel Harari e Roberto Oliveira, especial da Agência Vaidapé para Carta Maior Clodoaldo Santos Costa acorda todos os dias às 7h e sai para buscar água para a cozinha coletiva do G3, maior grupo, com mais de mil barracos, da ocupação Vila Nova Palestina. Sem isso, não há café da manhã. Quando ele voltaContinue lendo Ocupação Nova Palestina, uma cidade sem teto

Uma visita ao Pagode da 27

(Foto: Thiago Borges/Periferia em Movimento)

Participantes do programa Escola Livre conversam sobre cultura com integrantes de uma das principais rodas de samba de São Paulo.

A Batalha do Passinho e os espaços consquistados pelo funk

A Batalha do Passinho é uma manifestação recente que surgiu nos morros do Rio de Janeiro e, agora, encontra seguidores também em São Paulo.

Futebol e periferia: entre a alienação, identidade e luta social

Na periferia de São Paulo, com forte da várzea, moradores levantam um questionamento: é possível tornar o futebol um elemento de luta social?

Pioneira do rap feminino, Sharylaine lança novo CD após 27 anos de carreira

Além de ressaltar em suas músicas temas que defendem os direitos das mulheres, Sharylaine destaca a reserva do mercado para os rappers homens

Economia é papo de periferia

Foto Vanessa Condomi

O empreendedorismo não é exclusividade do mundo dos negócios ou da juventude que “quer mudar o país” e lota as faculdades de administração.

O graffiti, a rua e a estética da miséria

Lenços da Louis Vuitton com estampa grafitada pelos Gêmeos pode significar, para alguns, o triunfo da arte urbana. Para outros, é apropriação.

Morte prematura de jovens custa R$ 79 bilhões por anos, segundo estudo

Mais de 53 mil pessoas são assassinadas por ano e as vítimas tornaram-se cada vez mais jovens – em sua maioria homens pardos, segundo o Ipea.

Diante das mobilizações, coletivos criam frente periférica contra fascistas em São Paulo

Cerca de cem artistas, lideranças comunitárias, militantes de coletivos culturais e movimentos sociais das periferias de São Paulo se reuniram para discutir o atual cenário político do País