“Crimes de Maio de 2006” seguem impunes e perpetuam banho de sangue nas periferias

MP paulista admite omissão nas investigações de 493 assassinatos cometidos por policiais e que seguem sem elucidação, mas procurador-geral desconversa sobre reabertura dos casos.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: