Espetáculo teatral resgata histórias de antigo manicômio de Franco da Rocha

No dia 18 de maio de 1898 era inaugurado, pelo Dr. Franco da Rocha, o Hospital Psiquiátrico do Juquery. E essa inauguração foi um dos acontecimentos que marcou mais intensamente o desenvolvimento do antigo município de Juquery – hoje, dividido pelas cidades de Mairiporã, Franco da Rocha, Caieiras e Francisco Morato.

Durante os anos de 2013 e 2014, o grupo de teatro Girandolá se debruçou em cima dessa história e das experiências vividas ao longo desses últimos dois anos, nas pesquisas bibliográficas e videográficas, nas conversas com moradores antigos de Franco da Rocha, com funcionários e ex-funcionários do hospital, mas principalmente na convivência com os pacientes que ainda hoje vivem na unidade.

Essa pesquisa resultou no espetáculo “Juquery – memórias de quase vidas”, que estreou no final de outubro do ano passado, cumpriu temporada na Casa de Cultura de Franco da Rocha e circulou pelas cidades de Caieiras, Francisco Morato, Mairiporã e Suzano.

O espetáculo, que volta ao cartaz no dia 26 de abril, traz à cena personagens e histórias esquecidas atrás dos muros de um hospital que há mais de 100 anos separa a loucura considerada doentia, da loucura cotidiana e aceitável pela sociedade.

Anotaí!
Espetáculo“Juquery: memórias de quase vidas”
Quando?
De 26 de abril a 16 de maio, aos sábados e domingos, às 20h
Onde? Centro Cultural de Franco da Rocha – Av. Sete de Setembro, s/nº – Centro – Franco da Rocha – Grande São Paulo
Mais informações: (11) 4488-8524

Carregando…