Cultura das quebradas marca 31ª Bienal de Artes

Como falar sobre coisas que não existem? Quem define a existência de algo? A arte dos indígenas, pretos, pobres, periféricos existe? Eles existem? “Sim, nós existimos”, é o que grita a participação dos artistas da periferia na 31ª Bienal de Artes de São Paulo. A violência, a intolerância, a dominação, o racismo também existem eContinue lendo Cultura das quebradas marca 31ª Bienal de Artes

Gaspar mistura ritmos no álbum “Rapsicordélico”

Músico do grupo Z’África Brasil, o rapper Gaspar lança neste domingo (24 de agosto) se primeiro álbum solo – “Rapsicordélico”, um projeto musical fundamentado na cultura hip-hop com fortes influências dos ritmos brasileiros. O show terá participações especiais de Lirinha, KL Jay e Funk Buia. A produção musical é de João Nascimento, do Morro do Querosene. Gaspar fortalece a cultura de rua utilizandoContinue lendo Gaspar mistura ritmos no álbum “Rapsicordélico”

Mulheres fazem ato contra “vagão rosa”

Um grupo de mulheres realiza nesta terça-feira (11 de agosto) um ato contra o projeto de lei que obriga as empresas de transporte urbano a manterem, no mínimo, um vagão em cada composição para uso exclusivo das mulheres em trens e metrôs. Clique aqui para ler. O objetivo, segundo o projeto de lei aprovado em 04 de julhoContinue lendo Mulheres fazem ato contra “vagão rosa”

Crimes de maio de 2006 no banco dos réus

Nesta quinta-feira (10 de julho), a partir das 9h30 da manhã, acontecerá o julgamento em plenário de um policial militar acusado de participar do homicídio de três jovens em maio de 2006.  Os chamados “crimes de maio de 2006” resultaram em pelo menos 493 mortos pela PM paulista em represália aos ataques do Primeiro Comando daContinue lendo Crimes de maio de 2006 no banco dos réus

Movimentos na Copa Rebelde sem “padrão FIFA”

O Comitê Popular da Copa em São Paulo convida movimentos sociais, coletivos, organizações e todas as pessoas abaixo e à esquerda para somar na “IV Copa Rebelde: por um futebol contra os muros, e sem juiz!”. Segundo o Comitê, o torneio vai ter: liberdade de manifestação, futebol de várzea, torcida rebelde, ambulantes, população de rua, movimentos de moradia,Continue lendo Movimentos na Copa Rebelde sem “padrão FIFA”

Inscreva-se no curso “Jornalismo de Quebrada”

Cerca de 8,4 milhões de pessoas moram nas periferias da cidade de São Paulo, segundo o Instituto de Pesquisas Econômicas e Aplicadas (Ipea). Em todo o Brasil, as periferias das metrópoles abrigam quase 60 milhões de habitantes. Resultado de um processo histórico, esses territórios constituem uma gama de diversidades – cultural, social, econômical, política, religiosaContinue lendo Inscreva-se no curso “Jornalismo de Quebrada”

Eventos alternativos rolam durante Copa da Fifa

Às vésperas da Copa do Mundo da Fifa, que estreia na próxima quinta-feira (12/06) na Arena Corinthians, o Comitê Popular da Copa SP realiza uma série de intervenções na cidade para discutir o “legado” do mundial de futebol para a população. Confira!   Terça-feira (10/06) – 17h – Congresso do Povo – Copa das Tropas Onde? Teatro MunicipalContinue lendo Eventos alternativos rolam durante Copa da Fifa

Em Mambu, protestos por falta de ônibus

Após organizarem um ônibus tarifa zero, se acorrentarem na entrada da Prefeitura de São Paulo e, no último dia 17 de maio, organizarem uma Virada Cultural popular, os moradores da comunidade do Mambu (no distrito do Marsilac, Extremo Sul da cidade) programam mais uma atividade para este fim de semana. Com exibição de vídeos, dança, microfone aberto e apresentaçõesContinue lendo Em Mambu, protestos por falta de ônibus

Debate sobre verdadeiro legado da Copa

Qual o legado para o Brasil da Copa do Mundo? Mobilidade urbana, segurança, desenvolvimento, saúde, educação? Quem são os atores envolvidos nos protestos e nas mobilizações que tomam o país inteiro pedindo reformas estruturais? Quais juventudes se mobilizam para intervir socialmente nos processos de decisões do país? Afinal, essa Copa é pra quem? Perguntas como essasContinue lendo Debate sobre verdadeiro legado da Copa

“A Paixão de Claudia” homenageia mães brasileiras, pretas e trabalhadoras

Há um mês, Claudia da Silva Ferreira, de 38 anos, foi atingida por uma bala “perdida” disparada por agentes da Polícia Militar do Rio de Janeiro, por quem foi colocada na viatura e teve seu corpo arrastado por 350 metros, chegando ao hospital morta e com partes de seu corpo em carne viva. O caso chocou oContinue lendo “A Paixão de Claudia” homenageia mães brasileiras, pretas e trabalhadoras