Ocupações do Extremo Sul de São Paulo resistem a partir da união Conheça as histórias das ocupações do Jd. Porto Velho, Jd da União e Aristocrata, todas nas periferias do Extremo Sul de São Paulo

O que você conhece das ocupações por moradia? Os Repórteres da Quebrada trazem no vídeo o que encontraram nas ocupações do Extremo Sul de São Paulo

Artistas das Periferias ocupam ruas do Centro contra o congelamento da Cultura Sem a verba para a cultura, espaços de aprendizado nos Extremos geográficos da Capital correm riscos de deixar de existir.

Na tarde de segunda-feira, aconteceu o Grande Ato contra o desmonte da cultura da cidade de São Paulo. Artistas das periferias comentam a importância da verba para a cultura nos extremos da Capital.

De Trump a Temer, o que aproxima as periferias negras norte-americanas às brasileiras? Em entrevista, Patricia Hill Collins fala sobre a formação do Black Lives Matter, sobre políticas públicas para mulheres negras, a nova onda de movimentos sociais e o papel do jornalismo cidadão no cenário político econômico e social atual

Nós do Periferia em Movimento, do Alma Preta e da Rede de Cursinhos Emancipa, conversamos com Patrícia Hill Collins sobre como as vivências de movimentos feministas negros/periféricos dos Brasil e EUA podem se complementar. Confira!

Prefeitura de SP deve colocar nas ruas 250 famílias do Grajaú nesta quinta-feira Moradores convocam resistência para a reintegração de posse, marcada para as 6h do dia 09/02 no Jardim Lucélia, em terreno do antigo Clube Aristocrata

Moradores convocam resistência para a reintegração de posse, marcada para as 6h do dia 09/02, no Jardim Lucélia, de terreno do antigo Clube Aristocrata

Visibilidade Trans: Direito para os Ts do LGBT nas quebradas No Dia Nacional da Visibilidade Trans, conheça a resistência transexual e travesti que emerge das periferias

Emprego, moradia, saúde, ir e vir, se relacionar. A população trans têm seus direitos negados diariamente nos centros e também nas periferias. No Dia Nacional de Visibilidade Trans (29/01), conheça projetos que têm levado adiante a resistência de homens e mulheres trans que vivem nas periferias.

A revolução passa pelo prato Nesta Semana Mundial do Meio Ambiente, destacamos pessoas e projetos nas quebradas que desmitificam que o pé de alface nasce na prateleira, apontam caminhos para uma alimentação saudável e alternativa à nossa dependência do mercado

(Foto Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Na Semana do Meio Ambiente, destacamos pessoas e projetos nas quebradas que desmitificam que o pé de alface nasce na prateleira, apontam caminhos para uma alimentação saudável e alternativa à nossa dependência do mercado

10 anos, 84 teses e as mães das periferias ainda perdem seus filhos para a polícia Uma década depois dos "Crimes de Maio", familiares aguardam resposta do Estado. Enquanto a conjuntura política do País se complica entre artimanhas de políticos profissionais, quem chora pelo sangue derramado nas quebradas só tem uma certeza: "é nois por nois!"

Os Crimes de Maio completam 10 anos, e para as Mães de Maio a luta continua segmentada: “Chegou a hora dos acadêmicos acordarem pra vida e ajudarem na revolução”, afirma Debora Silva

Anna Kesiah queria nascer No Campo Limpo, a Casa Ângela realiza 30 partos humanizados por mês pelo SUS

É possível ter um parto natural e humanizado nas quebradas. Parto também é questão de política pública.

De fresta em fresta, ideias brotam na cidade O evento Pétala Por Pétala começa nessa quinta feira, 21 de abril, no SESC Interlagos

Começa na quinta feira, 21 de abril, o Pétala Por Pétala 2016 – A cidade nas Frestas

Genocídio: golpe permanente Independente da corrente que se sagrar vitoriosa na votação deste domingo, a gente sabe que vai seguir sangrando por aqui

Debate realizado no CEU Parelheiros, durante a programação do Mês do Hip Hop (Foto: Thiago Borges / Periferia em Movimento)

Golpe: Independente da corrente que se sagrar majoritária na votação deste domingo, a gente sabe que vai seguir sangrando por aqui.