Quantas histórias habitam as periferias de São Paulo?

O projeto jornalístico À Margem da Margem tem o objetivo de ampliar os olhares sobre as periferias de São Paulo, onde vivem 8,4 milhões de pessoas.

Lançado em 2013 e viabilizado graças a uma campanha de financiamento colaborativo, no primeiro semestre de 2014 publicamos mais de 30 reportagens e três artigos sobre  a diversidade das quebradas paulistanas.

Identificamos grupos que, além de enfrentarem problemas comuns nas periferias (como a educação e a saúde de má qualidade, o transporte precário, a falta de moradias adequadas e a violência policial), são considerados minoritários na sociedade: dependentes químicos, idosos, indígenas, travestis e transexuais, imigrantes, pessoas com deficiência, minorias religiosas e não-religiosas.

Também foram realizadas oficinas de jornalismo sobre diversidade na quebrada e a perspectiva é continuar o projeto em 2015 com novas reportagens e formações.

CLIQUE AQUI PARA LER AS REPORTAGENS.

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ALERTA! Coronavírus e as quebradas

Confira nossa cobertura

Apoie nossa cobertura jornalística

Ajude-nos no Catarse Doe
Receba notícias no WhatsApp Notícias no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: